bgjnejr


Como controlar o uso diário do pacote de dados do seu celular


bgjnejr produções

A maioria dos usuários Android não tem um plano ilimitado de dados, e agora que as operadoras estão bloqueando completamente a internet depois que o limite da franquia é atingido, tornou-se muito importante monitorar seu plano para que você não fique na mão antes do fim do mês. Felizmente, o Android oferece ferramentas para monitorar a velocidade da internet e também o uso de dados no seu celular. No artigo abaixo, mostro um app que cumpre essa tarefa muito bem sem exigir premissões de root. Conheça o Internet Speed Meter. Quem costuma frequentar o fórum do XDA Developers já deve conhecer o Internet Speed Meter. Com esse aplicativo, é possível monitorar a velocidade da sua internet a partir da barra de status. Após baixá-lo, aparecerá um pequeno mostrador no canto superior esquerdo da tela, indicando quantos KB por segundo estão sendo transferidos. Além disso, ao entrar no aplciativo em si, você tem numa interface extremamente simples e intuitiva o monitoramento das velocidades de download e upload, as opções de início automático após o boot do dispositivo, de esconder o mostrador quando o telefone estiver inativo e também de escondê-lo na tela de bloqueio. Na guia “Data Usage”, podemos controlar o uso diário dos dados, e um gráfico mostra também o uso em 30 dias. O Internet Speed Meter está disponível gratuitamente na Google Play Store (infelizmente apenas em inglês, mas de entendimento fácil) e não tem publicidade:


Reduza o consumo de dados do seu celular com 10 medidas simples


bgjnejr produções

A grande maioria dos usuários de dispositivos móveis não possuem um plano de dados ilimitado. Dessa forma, devemos sempre tomar cuidado para que os dados não terminem antes do fim do mês. Com dez medidas simples, você reduz o consumo de dados do seu celular Android rapidinho. Veja como abaixo.
1. Não use dados móveis Sim, soa um tanto radical, mas se você estiver num local com Wi-Fi disponível, não há nenhuma razão para usar seu plano. Isso vale especialmente para quando você estiver viajando, pois o roaming de dados pode custar muitíssimo se comparado ao Wi-Fi grátis. Inúmeros aplicativos oferecem o serviço de busca de redes Wi-Fi e compartilhamento de senhas. Ache um hotspot e economize seu plano!
2. Não faça o upload de fotos ou clipes quando estiver na rua As câmeras dos smartphones de ponta estão cada vez melhores, mas suas fotos se tornaram também verdadeiros monstros de pesadas: 40 MB para uma única foto, por exemplo, se tornou comum. Se você tiver a função de uploads automáticos ativados no Flickr, por exemplo, o volume de dados transferidos pode ser imenso. Devemos nos lembrar de que uploads consomem, tanto quanto downloads, os dados do seu plano. Comparativo de câmera: Zenfone 2 vs. Galaxy S6 vs. iPhone 6 Plus A coisa piora quando você compartilha cada momento em seu canal do YouTube ou serviços semelhantes. Um único minuto de vídeo HD pode ter até 200MB, de forma que você não precisa fazer muitos uploads para chegar ao limite do seu plano. Além disso, se tiver de fazer o upload de um vídeo antes de chegar à sua rede Wi-Fi, grave numa resolução menor (720p) em vez de usar o pesado FullHD.
3. Só use serviços de streaming com o Wi-Fi Para se ter uma ideia, escutar música no streaming do Spotify a 320 Kbps irá devorar 133 MB de dados por hora (em média, pois faixas repetidas são salvas no cache e não consomem tantos dados). Pior ainda se estiver assistindo a vídeos em streaming: o Full HD consome nada menos do que 15 MB por minuto (quase um giga por hora!). Se você não consegue viver sem o streaming, vale a pena então reajustar as suas configurações. Por exemplo: a menos que você tenha fones de ouvido muito bons, há pouquíssima diferença entre o streaming de música a 320 Kbps e a 160 Kbps, especialmente se estiver no metrô, ônibus ou no meio da rua. Usar sempre 160 Kbps diminui o consumo de dados pela metade sem grande prejuízo para qualidade.
4. Prefira aplicativos de mensagens e evite voz e vídeo Se quiser manter seu uso de dados numa taxa reduzida, use mensagens instantâneas e fique longe das chamadas de voz pelo WhatsApp ou Skype. Estamos falando aqui de no minimo 3 MB por 5 minutos (voz apenas) e 20 MB por 5 mínutos de vídeo-chamada.
5. Evite apps com publicidade excessiva William Halfond e pesquisadores do Rochester Institute of Technology nos Estados Unidos e no Canadá testaram os apps mais baixados do ano passado no Galaxy S2 carregado de ferramentas de monitoramento e descobriram que aplicativos grátis fazem uploads e downloads constantes através da publicidade mostrada. Os pesquisadores descobriram que os apps com propaganda usavam até 100% mais dados do que os que não contêm publicidade, e em média consomem 79% a mais de rede de dados.
6. Configure a atualização dos aplicativos apenas em WiFi Entre na Google Play Store, depois selecione "Menu > Configurações > Atualização automática do app > Não atualizar/Atualizar apenas na modalidade Wi-Fi".
7. Verifique os dados consumidos em segundo plano Os aplicativos consomem dados mesmo quando não estão ativos, por exemplo para compartilhar informação do GPS. Dessa forma, acessando "Configurações > Uso de dados", você verá uma lista completa dos aplicativo em atividade e os dados que estão usando. Se selecionar um deles, aparecerão os dados utilizados em primeiro e em segundo plano, e haverá a possibilidade de restringir os dados em segundo plano de cada app.
8. Salve documentos no dispositivo Os serviços de nuvem são muito cômodos, mas alguns arquivos mais usados, como livros ou documentos importantes do Google Drive podem ser salvos diretamente no aparelho, economizando assim os dados móveis. Uma opção interessante é fazer uso de aplicativos offline. Melhores aplicativos offline para Android: para usar sem internet
9. Desative a sincronização automática Não precisamos ter todos os nossos aplicativos sempre sincronizados. Por isso, é uma boa ideia desativar a sua Sincronização Automática. Abra o menu "Configurações > Uso de dados > Menu > Sincronização automática dos dados".
10. Minimize a transferência de dados do navegador Nem todos os navegadores têm essa função, mas eu recomendo o Chrome. Depois de aberto, vá a "Menu > Configurações > Economia de dados". Dessa maneira, sempre que acessar um site, o Chrome utilizará os servidores do Google para comprimir as páginas antes de carregá-las.


Microsoft e Symantec derrubam gigantesca operação criminosa virtual

bgjnejr produções

Sem que seus usuários soubessem, entre 300 mil e 1 milhão de computadores estavam infectados e “trabalhando” para a operação criminosa Bamital, desmantelada recentemente pela Microsoft e pela Symantec (empresa de segurança digital, conhecida como desenvolvedora do Norton AntiVírus). 9 crimes bizarros relacionados ao Facebook De acordo com Richard Boscovich, assistente geral da Unidade de Crimes Digitais da Microsoft, eles tomaram controle de um dos servidores da rede criminosa localizado em Nova Jersey (EUA) e persuadiram os operadores de um dos centros, em Virgínia (EUA), a derrubar um de seus servidores da Holanda. Com isso, eles conseguiram interromper a comunicação dos computadores com a Bamital. Black Hat, Hacktivist, White Hat [tipos de hackers] Quando tentam acessar um site de busca, os usuários agora são direcionados a um site onde têm acesso a explicações sobre a infecção e a uma ferramenta gratuita para remover o vírus que a Bamital usava para controlar suas máquinas. Quando o programa malicioso for removido, o aviso deixará de aparecer. Pesquisas adulteradas Infectados, os computadores eram controlados por operadores da Bamital para clicar em anúncios em sites específicos sem o conhecimento do usuário. Os sites eram acessados a partir de resultados de mecanismos de busca, como Google, Yahoo e Bing, alterados pelo vírus. Estima-se que a fraude gerasse mais de US$ 1 milhão (cerca de R$ 1,9 milhão) por ano para seus organizadores. Como seria a internet sem senhas? Na operação, foram identificados 18 líderes, espalhados por diversos países, como Rússia, Romênia, Inglaterra, Estados Unidos e Austrália. Embora a rede tivesse uma extensão considerável, de acordo com o pesquisador da Symantec Vikram Thakur, a Bamital era apenas uma entre várias outras botnets similares em um complexo “ecossistema de fraude de cliques”. Eles pretendem usar os dados da investigação para encontrar outros esquemas de fraude como esse. Rede do crime adolescente


Fonte: The Official Microsoft Blog noticias net,Por Citen e outros.

SIGA - NOS


VOLTAR A PAGINA TECNOLOGIA


Compartilhe (0) Comente

ASSUNTOS DA PAGINA




Banner 16 OFF - 300x250
Vantagens 300 x 250
Myprotein Official Partner
Linha Cereja e Avela 300x250

 

Leia Mais:
Voçê também pode gostar:



June 09, 2006

Donec nulla est, laoreet quis, pellentesque in, congue in, dui. Nunc rhoncus placerat augue. Donec justo odio, eleifend varius, volutpat venenatis, sagittis ut, orci. Read more…


June 06, 2006

Donec nulla est, laoreet quis, pellentesque in, congue in, dui. Nunc rhoncus placerat augue. Donec justo odio, eleifend varius, volutpat venenatis, sagittis ut, orci. Read more…


June 02, 2006

Donec nulla est, laoreet quis, pellentesque in, congue in, dui. Nunc rhoncus placerat augue. Donec justoodio, eleifend varius, volutpat venenatis, sagittis ut, orci. Read more…



June 09, 2006

Donec nulla est, laoreet quis, pellentesque in, congue in, dui. Nunc rhoncus placerat augue. Donec justo odio, eleifend varius, volutpat venenatis, sagittis ut, orci. Read more…


June 06, 2006

Donec nulla est, laoreet quis, pellentesque in, congue in, dui. Nunc rhoncus placerat augue. Donec justo odio, eleifend varius, volutpat venenatis, sagittis ut, orci. Read more…


June 02, 2006

Donec nulla est, laoreet quis, pellentesque in, congue in, dui. Nunc rhoncus placerat augue. Donec justoodio, eleifend varius, volutpat venenatis, sagittis ut, orci. Read more…