bgjnejr

Como identificar um mentiroso

bgjnejr

Segundo um novo estudo, o julgamento apressado é mais comum do que se pensa: só precisamos de 20 segundos para decidir se um estranho é ou não confiável. Pesquisadores americanos recrutaram 24 casais e pediram a cada pessoa para falar sobre um momento em que ele ou ela tinha sofrido. Enquanto isso, as câmeras registraram a reação do parceiro do falante. Um outro grupo revisou os vídeos, e foi capaz de identificar a compaixão falsa na reação dos parceiros dentro de 20 segundos. Em seguida, os pesquisadores recolheram amostras de DNA dos participantes do estudo. Eles descobriram que 60% dos participantes menos confiáveis não tinham um certo gene receptor, o genótipo GG, que pode controlar a compaixão e empatia. O receptor ajuda a regular o nível do hormônio oxitocina do corpo, que estudos anteriores ligaram a sentimentos de confiança, empatia e generosidade. Daqueles classificados como mais confiáveis, 90% carregavam o gene. Mas como o gene é apenas ligado à percepção de sinceridade, isso não significa que a pessoa seja antipática caso não o possua. Segundo os pesquisadores, os observadores puderam separar os sinceros dos desonestos porque há certos comportamentos que sinalizam confiança e apoio. Quer identificar um mentiroso? Procure por esses sinais, descritos pelo psicólogo comportamental Marc Salem:
1 – Comportamento inconsistente "Se alguém normalmente é muito quieto, e de repente torna-se muito animado, ou vice-versa, essa mudança é um sinal vermelho", diz Salem. O mesmo acontece se uma pessoa está falando de forma suave e rápida, mas de repente seu discurso torna-se mais deliberado ou cortado. "Deslocamentos do padrão de fala são sinais vermelhos para o engodo", acrescenta.
2 – Olhar firme "Quando as pessoas pensam ou contemplam algo, é natural que quebrem o contato visual e olhem ao redor", explica Salem. Se esse comportamento for muito constante, eles não estão lhe escutando ou estão conscientemente tentando ganhar sua confiança. Ambos são sinais de insinceridade.
3 – Esconder a boca Tossir, pigarrear com frequência, ou qualquer outro gesto de cobrir a boca pode indicar que uma pessoa está tentando esconder alguma coisa. O mesmo vale para ombros para baixo, corpo curvado, etc. Isso é um sinal de cautela, segundo Salem, e indica uma pessoa não está se abrindo completamente.
4 – Sorriso rápido Um sorriso genuíno muda todo o rosto de uma pessoa. Seus olhos se iluminam, e suas bochechas e sobrancelhas se elevam, juntamente com os cantos da boca. O sorriso sincero também leva alguns segundos para desaparecer. Um sorriso falso aparece em um instante, e desaparece tão rapidamente quanto.

Ser capaz de ler pessoas como o Dr. Cal Lightman, da série de TV norte-americana Lie To Me, é um talento que realmente viria a calhar. O Yahoo! Respostas quer protegê-lo contra todo tipo de mentira e mentirosos. Com isso em mente, preparamos um guia com dicas para detectar mentiras no dia-a-dia. Esperamos que elas sejam úteis!

O cérebro dos mentirosos

Todo mundo mente; faz parte da natureza humana. Grande parte do tempo, nós somos mentirosos para poupar os sentimentos de alguém. Dizemos coisas como: "Não, está tudo bem, eu amo sair com seus amigos, eles são ótimos!", ou algo como: "Oh, seu bebê é tão adorável e inteligente!". Nossas intenções são geralmente boas, nestes casos, e sem a capacidade de mentir, viver em sociedade seria muito mais difícil. Como passar num detector de mentiras (mentindo ou não) Mas sabemos quando estamos fazendo isso, e podemos controlar estes impulsos. Mentirosos patológicos, por outro lado, o fazem sem uma boa razão, mesmo sem perceber que estão fazendo.
E os seus cérebros são diferentes dos cérebros dos outros seres humanos. Uma equipe de pesquisadores da Universidade do Sul da Califórnia, nos EUA, deu uma olhada em uma amostra de pessoas aleatórias. Após uma série de testes de personalidade, 12 pessoas foram classificadas como mentirosos habituais, 16 poderiam ser descritas como tendo personalidades antissociais sem serem mentirosas regulares, e 21 foram consideradas "normais". Uma vez que estavam em um grupo, os participantes fizeram exames de ressonância magnética a fim de determinar se havia uma diferença na forma como seus cérebros eram conectados. Os cérebros dos mentirosos patológicos se apresentaram 25% mais brancos em seus lobos pré-frontais quando comparados com o grupo antissocial. Em comparação com o grupo de controle – o "normal" -, eles eram cerca de 22% mais brancos.
Faça um teste de 5 segundos para saber se é um bom mentiroso Com a massa cinzenta foi ao contrário: os mentirosos patológicos tinham cerca de 14% menos massa do que o grupo normal. As implicações são duas. A grande quantidade de substância branca dá aos mentirosos regulares a capacidade de criar histórias muito, muito rapidamente, tão rapidamente que é difícil dizer se eles estão mentindo ou dizendo a verdade. Também lhes dá mais poder para avaliar as respostas e reações das pessoas com quem estão falando, para ver se a mentira está funcionando e fazer os ajustes necessários. A matéria cinzenta reduzida também é muito importante, pois é a massa cinzenta dos lobos pré-frontais que ajuda a governar as escolhas que fazemos. É o nosso centro de moral, e com a matéria cinzenta reduzida, os pesquisadores sugerem que os cérebros dos mentirosos patológicos não só são equipados para criar contos e histórias, mas também para não ver nada moralmente errado em suas mentiras constantes.
Como ser um bom mentiroso Mesmo sabendo que há também um número de outros fatores que são responsáveis pela presença da mentira patológica como parte da personalidade de uma pessoa, o que não está claro para os pesquisadores é o que vem em primeiro lugar. Eles não sabem se os mentirosos de alguma forma treinam o cérebro e aumentam o crescimento em algumas áreas e a diminuição de outras, ou se algumas pessoas já nascem com cérebros que incentivam as mentiras. Os pesquisadores levaram a ideia um passo adiante ao analisar os cérebros de pessoas que tinham sido diagnosticadas com autismo. Estudos anteriores demonstraram que as pessoas com autismo têm dificuldade em criar e dizer mentiras, e parte da diferença em seus cérebros é justamente o crescimento lento da substância branca.

Os especialistas na detecção de mentiras sabem que:

» A verdade tende a ser consistente. As palavras, a linguagem corporal, as acões normalmente integram-se harmônicamente uma nas outras. Se alguém está mentindo para você, você provalvemente perceberá mudanças na linguagem corporal. » Uma emoção para cada reação. Se alguém gosta realmente de seus sapatos, ela irá sorrir antes ou depois de comentar positivamente sobre eles. Por outro lado, um mentiroso irá sorrir ao mesmo tempo que faz o elogio e suas reações serão mais curtas do que você esperaria. » As pessoas que mentem ao responder a uma pergunta normalmente repetem as palavras usadas na pergunta. "Você quebrou o vaso? Não, eu não quebrei o vaso." » As emoções se refletem nas expressões faciais. Quando alguém sorri, não faz isso apenas com os lábios, mas com os olhos também. Um sorriso falso pode ser dectado quando quando a pessoa mexe apenas a boca. » Mentirosos têm alguns tiques nervosos. Não é estranho para uma pessoa que está mentindo tocar ou coçar o nariz. Outras partes do corpo que eles tendem a tocar bastante são o pescoço, a boca e orelhas. » Alguém que está mentindo irá demorar mais para responder uma pergunta do que alguém que a responde com sinceridade. » Um mentiroso irá sempre agir na defensiva quando acusado e normalmente será agressivo. Uma pessoa honesta tende a racionalizar a acusação e responder de maneira calma e coerente. » Mentirosos tentarão se manter o mais longe possivel das pessoas para as quais eles estão mentindo. Ter contato com elas irá, quase sempre, fazê-los visivelmente desconfortáveis. » Ao contar uma história, uma pessoal que está dizendo a verdade normalmente enfatiza partes importantes da história. Alguém que descreve uma verdade fabricada, irá recitar sem emoção fatos em qualquer momento do enredo. » Falar muito ou alterar o foco da conversa são formas usadas por mentirosos para distrair as pessoas para as quais eles estão mentindo. » Por mais óbvio que pareça, algumas pessoas inconscientemente balançam suas cabeças quando afirmam algo que é uma mentira. » Para tornar a mentira um ato mais fácil, as pessoas costumam posicionar objetos (canetas, livros, óculos, etc) entre elas e a pessoa para a qual estão mentindo. Por favor, lembrem-se que essas não são regras universais. Se você quiser saber mais sobre a detecção de mentiras, faça uma pesquisa mais profunda e use o Yahoo! Respostas nos pontos que você não souber em que direção seguir. Um abraço!

Como saber se alguém está mentindo para você

De pequenas mentiras inocentes a omissões capazes de destruir nações, a mentira sempre esteve presente, tanto quanto a verdade. A mentira inocente tem uma história fértil, a vasta maioria da humanidade, quase todo o tempo, mente para nós. E, por que não? É bem mais fácil, cria uma atmosfera de confiança e favorece uma sociedade estável. Mas vez ou outra você tem uma incômoda suspeita de que a pessoa do outro lado não está usando de honestidade com você. Todo mundo gostaria de saber como pegar os mentirosos no ato... de fato, embora este artigo tenha dicas ótimas, você pode encontrar mais informação ainda em Bust Liars: Torne-se Um Detector Humano De Mentiras. Este livro dirá a você tudo o que você precisa saber sobre captar aqueles sutis sinais que os mentirosos não podem evitar mandar. Então, como você sabe se alguém está mentindo para você? Antes de desenvolvermos este ponto, há duas perguntas que precisamos fazer. A primeira pergunta é: você realmente quer saber? Algumas pessoas tornam-se voluntariamente cegas e aceitam uma mentira como um fato apenas porque a verdade pode ser dolorosa demais para ser encarada. Por outro lado, algumas pessoas estão tão desesperadas para acreditar que a verdade dolorosa é uma mentira, que verão "sinais de mentiras" onde na verdade eles não existem. O primeiro passo para descobrir uma mentira, então, é estar consciente dos seus sentimentos pessoais acerca do assunto. Em outras palavras, qual é o seu envolvimento nesta possível mentira? A segunda questão é: por que esta pessoa iria mentir para você? O que está em jogo aqui? Talvez esta pessoa esteja com medo de ser punida, ou da perda da capacidade de conseguir o que deseja (por exemplo, sua empresa), ou, ironicamente, a pessoa pode estar com medo de perder a sua confiança. Para ser verdadeiramente preciso em colocar uma mentira a descoberto, você deve estar ciente das motivações da outra pessoa em mentir para você, incluindo o que você poderia fazer se soubesse a verdade. Um exemplo disto é uma criança mentindo para os pais para evitar ser posta de castigo: a criança está desesperadamente evitando a punição que tem certeza que a verdade poderia trazer. Os pais, cientes disto, estão em uma posição melhor para sondar a mentira da criança. Então, você quer saber, tem certeza de que a outra pessoa tem um motivo e tem a sensação de que ela está ocultando a verdade? Vamos testar esta teoria...com ciência. 1.Saiba como a pessoa fala normalmente. O primeiro passo para ler a linguagem corporal de um mentiroso é conhecer os seus hábitos conversacionais normais, diários - o olhar normal, movimentos da mãos e do corpo durante uma conversação agradável, em que não há pressão ou mentira. Isto permitirá a você detectar variações quando ocorrer uma mentira, sem confundir uma pessoa naturalmente desajeitada, ou tímida, com um mentiroso crônico.
2.Observe como o estresse influencia seus padrões. É bem conhecida a dificuldade de apontar a diferença entre uma pessoa que foi posta em evidência (isto é, sob estresse e pressão) e um mentiroso contumaz. Isto é porque a maioria dos sinais reveladores da mentira são baseados no fato de que mentir é um evento estressante para o corpo e para a mente - ao que parece, os humanos não foram feitos para distorcer a verdade, e forçar esta situação tem repercussões reconhecíveis.
3.Procure os sinais. Esta é uma lista das "manifestações" mais comuns de uma pessoa que está tentando mentir. Novamente, lembre-se de que a maioria destes sinais ocorrem quando a pessoa está se sentindo estressada pela conversação.
4.Pouco ou nenhum movimento corporal. Às vezes a pessoa vai "congelar", quase sem encarar o outro, e vai se mover o menos possível durante a mentira. Alternativamente, algumas pessoas podem tentar lutar contra esta reação, sendo muito dramáticas e movimentando o corpo bem mais do que o normal para tentar "vender" a mentira.
5.Ausência de contato visual. Imensas quantidades de informação passam através do contato visual, e a maioria das pessoas têm momentos extremamente difíceis mentindo para alguém, ao mesmo tempo em que olha diretamente nos olhos deste alguém. Às vezes isto só vai ocorrer no momento da mentira, um rápido olhar para o chão ou para o lado. Repetindo, algumas pessoas tentarão vender a mentira fazendo e sustentando o contato visual ferozmente, muito mais do que o usual.
6.Gestos originados do estresse (piscar rapidamente, arranhar, coceira, engolir em seco, impaciência, etc). Quando descoberta, uma decepção traz muito mais risco de punição do que simplesmente dizer a verdade, e as pessoas compreendem isto. Esta situação incômoda as deixa desconfortáveis, e elas agem de acordo.
7.Olhar para cima e para a direita. Olhar para cima e para a direita estimula a parte do cérebro associada com a imaginação (isto é, combinar as coisas), enquanto olhar para cima e para a esquerda estimula a parte do cérebro associada com a recuperação de memórias (isto é, dizer a verdade).
8.Tocar o nariz e cobrir a face/boca. Hábitos da infância, estes gestos são uma tentativa inconsciente de "recobrir" a mentira, e colocar distância entre o mentiroso e você. 9.Elevação do timbre de voz. Outro produto do estresse, a voz da pessoa que mente se tornará mais fina e irá guinchar. Isto deverá chamar bastante a atenção se você está familiarizado com a voz normal desta pessoa.
10.Olho arregalado, olhar inocente. Outro produto das lorotas infantis, baseado no simulador de inocência "quem, eu?", em geral associado com uma criança negando que colocou a mão dentro do pote de biscoitos enquanto ela realmente ainda está lá.
11.Uma pausa significativa na fala. A maioria das pessoas não tem a habilidade de sair-se com uma ficção plausível em um instante, assim precisam tirar um momento para pensar em alguma coisa. Isto resulta em uma pausa, geralmente logo antes da mentira em si, enquanto elas desesperadamente procuram por alguma outra coisa que não a verdade. Um questionamento cuidadoso revelará variações em sua história, porque uma ficção consistente é difícil de lembrar, ao passo que eventos reais normalmente são fáceis de recordar.
12.Mentir por omissão. Às vezes uma mentira acontecerá por não dizer - isto é, a pessoa que está mentindo omite uma parte importante da informação de uma sentença que, de outra forma seria verdadeira. No entanto, esta omissão, na mente do faltoso, envenena a sentença verdadeira, tornando-a equivalente a uma mentira. Os sinais acima ainda estarão presentes, com a adição de sinais mais óbvios depois que a pessoa terminou de falar. (Exemplo:depois de falar de maneira relativamente verdadeira, a pessoa fica silenciosa e imediatamente olha para longe, cobrindo a boca e enervando-se).
13.Pergunte. Uma manobra arriscada, porque a pessoa que estiver dizendo a verdade pode ficar mortalmente ofenda. Às vezes, no entanto, o mentiroso se apresentará diretamente se tiver a chance, porque percebe que continuar a mentir quando você sabe que é isto que ela está fazendo seria muito pior do que simplesmente admitir a mentira.
14.Acredite em sua intuição. Observe que eu disse "intuição" e não "desejo". A maioria das pessoas é equipada com um bom "detector de mentiras", e se você der crédito ao seu detector ele em geral poderá indicar-lhe o caminho com segurança. Mas, algumas pessoas poderão querer acreditar que estão mentindo para elas, e confundem este desejo com "uma sensação visceral". Então, antes de começar a acusar alguém de estar mentindo, procure ter certeza de que você não está tentando projetar seu desejo em uma pessoa inocente. Utilizando os passos acima, você deverá ser capaz de determinar a diferença entre uma mentira e a verdade, em grau bem mais apurado. E apesar de que talvez não possamos ter uma resposta sobre como definir a verdade com certeza, ao menos seremos capazes de dizer se a outra pessoa sente-se como se estivesse mentindo...e o que parece ser uma mentira, provavelmente é uma mentira. Boa sorte! Precaução: Procurar mentiras obssessivamente renderá a você muitas... às vezes algumas que nem estão realmente lá. A crença de que todo mundo sempre diz a verdade não produzirá uma atmosfera de confiança. Enquanto você está procurando uma mentira em alguém, ele pode estar procurando por uma em você! Dicas Rápidas: Esteja atento a contato visual incomum – demais, ou muito pouco. Mentirosos profissionais podem corrigir quase todos os sinais "denunciantes", então seja cauteloso Na dúvida, pergunte


SIGA - NOS


VOLTAR A PAGINA TECNOLOGIA


Compartilhe (0) Comente

fonte:noticias net,Por Citen e outros.

ASSUNTOS DA PAGINA



    < Banner 16 OFF - 300x250  

Leia Mais:
Voçê também pode gostar:



June 09, 2006

Donec nulla est, laoreet quis, pellentesque in, congue in, dui. Nunc rhoncus placerat augue. Donec justo odio, eleifend varius, volutpat venenatis, sagittis ut, orci. Read more…


June 06, 2006

Donec nulla est, laoreet quis, pellentesque in, congue in, dui. Nunc rhoncus placerat augue. Donec justo odio, eleifend varius, volutpat venenatis, sagittis ut, orci. Read more…


June 02, 2006

Donec nulla est, laoreet quis, pellentesque in, congue in, dui. Nunc rhoncus placerat augue. Donec justoodio, eleifend varius, volutpat venenatis, sagittis ut, orci. Read more…



June 09, 2006

Donec nulla est, laoreet quis, pellentesque in, congue in, dui. Nunc rhoncus placerat augue. Donec justo odio, eleifend varius, volutpat venenatis, sagittis ut, orci. Read more…


June 06, 2006

Donec nulla est, laoreet quis, pellentesque in, congue in, dui. Nunc rhoncus placerat augue. Donec justo odio, eleifend varius, volutpat venenatis, sagittis ut, orci. Read more…


June 02, 2006

Donec nulla est, laoreet quis, pellentesque in, congue in, dui. Nunc rhoncus placerat augue. Donec justoodio, eleifend varius, volutpat venenatis, sagittis ut, orci. Read more…



Share